sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

SONNY TERRY * 24/10/1911 - † 12/03/1986 E BROWNIE MCGHEE - * 30/11/1930 - † 16/01/1996


Sonny Terry nascido Saunders Terrell, em Greensboro, Carolina do Norte, no dia 24 de Outubro de 1911. Perdeu a visão de um olho num acidente quando tinha cinco anos e perdeu a visão no outro olho em outro acidente quando estava com 18 anos, o que veio a afetar gravemente suas escolhas de emprego. Foi nessa época que ele decidiu ser cantor de blues.

O pai de Sonny tocava gaita e o ensinou quando jovem. Terry viajou para a região de Durham, uma área conhecida por sua rica história na cultura Blues, e começou a tocar pelas esquinas. Desenvolveu um estilo de tocar – fazendo sons de animais com o nariz e apitos de trem com sua harmonica – que era exclusivamente seu. Ele conheceu o famoso guitarrista Blind Boy Fuller nessa época e acabou mudando para Durham definitivamente. Em 1937 os dois receberam uma oferta de gravação em Nova York, prontamente aceita.

Não muito tempo depois disso, Terry encontrou seu próximo parceiro, Brownie McGhee, que viria a se tornar o o guitarrista de sua banda pelo resto da carreira. Depois da morte de Blind Boy Fuller, Terry e McGhee se mudaram para Nova York, porém, nunca encontraram vagas de emprego.

Terry era altamente procurado e tocou com muitos músicos de Folk Blues famosos como Leadbelly, Woodie Guthrie e Pete Seeger. Pete também começou a atuar num show da Broadway chamado Finian´s Rainbow. Terry e Mcghee tiveram uma prospera carreira e viajaram para fora de Nova York para fazer shows. Os dois estrelaram em Cat on a Hot Tin Roof e começaram a viajar pelo mundo para diversos festivais e shows. Durante suas viagens, Terry começou a escrever um método chamado The Harp Styles of Sonny Terry.

As constantes associações nas viagens acabaram por cansar Terry e Mcghee, e eles pararam de tocar juntos. Durante o resto de sua carreira, Terry descobriu uma jovem geração blues e tentou um album revival, parecido com o Hard Again, de Muddy Waters. Fez algumas aparições ao vivo mas desistiu de gravar completamente nos anos 80.

Sonny Terry morreu em Março/86 em Minneola,NY

Dois trabalhos de Sonny Terry antes de conhecer Brownie:

"HARP AND WASHBOARD BLUES" SONNY TERRY - MP3
NYC, NY, Mar 6, 1940 - Sonny Terry, vocal, harmonica, Oh Red (George Washington), washboard.

"HARP STOMP" SONNY TERRY - MP3
NYC, NY, Mar 6, 1940 - Sonny Terry, vocal, harmonica, Blind Boy Fuller, guitar, Oh Red (George Washington), washboard.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Brownie McGhee
Impossível disassociar a biografia de Sonny Terry de Brownie McGhee. Walter "Brownie" McGhee nasceu em Kingsport, no Tennessee, no dia 30 de novembro de 1930. Quando criança contraiu poliomielite, o que incapacitou uma de suas pernas. Ele passou boa parte de sua juventude envolvido com a música, cantando no coral "Golden Voices Gospel Quartet".

Aos 22 anos ele se tornou um músico viajante e nessa época conheceu Blind Boy Fuller, que influenciou profundamente sua maneira de tocar. Depois da morte de Fuller, J.B Long da Columbia Records fez com que McGhee adotasse o nome de seu tutor e ele passou a se apresentar como Blind Boy Fuller II. Porém o sucesso só viria em 1942, quando ele foi para Nove Iorque em companhia de Sonny Terry.

Brownie conheceu Terry na Carolina do Norte, em 1938, mas só viriam a gravar juntos em 1940. Estava formada uma longa e duradoura parceria, que renderia muitos discos.

Eles partiriam para Nova Iorque, onde o cenário Folk Blues estava em ascensão. Lá eles trabalharam com Leadbelly, Josh White e Woody Guthrie. Entre 1942 e 1950, McGhee também trabalhou em sua própria escola de música, a "Home of the Blues, no Harlem.

Depois do fim da Segunda Guerra, McGhee fez inúmeras gravações, com e sem Terry, para vários selo R&B como Savoy, Alert, London, Derby, Dot, e Harlem.

Sonny Terry fez o mesmo, com gravações para os selos Jackson, Red Robin, RCA Victor, Groove, Harlem, Old Town, e Ember, muitas vezes com McGhee no violão.

Sonny Terry & Brownie McGhee estão entre os primeiros artistas de blues a excursionar pela Europa, durante a década de 50. Eles também viajaram com vários festivais de folk e blues, por toda América, Canadá e Europa, aparecendo em programas de tv e filmes.

Eles só se separariam em 1970, para cuidarem de seus problemas pessoais. Terry continuou tocando e gravando até falecer em 1986. Brownie passou os próximos 10 anos tocando em festivais e gravando. Sua última aparição foi no Chicago Blues Festival de 1995, pouco antes de falecer, aos 80 anos, no dia 16 de janeiro de 1996.

Sonny Terry & Brownie McGhee - Hootin' the Blues e "When the Saints Go Marchin' In"



Sonny Terry & Brownie McGhee - Key to the Highway





por: JoKa Blues

Nenhum comentário:

Seguidores deste Blog